Tive seca e não vou conseguir pagar minhas dívidas. O que fazer?

  • 22/02/2024
  • 0 Comentário(s)

Tive seca e não vou conseguir pagar minhas dívidas. O que fazer?

Nosso objetivo é olhar a lei com os olhos do campo e não o campo com os olhos da Lei!

A severa seca dessa safra 2023/2024 tem causado muita preocupação e tirado o sono de muitos produtores pelo país. As perdas de safra, somadas ao baixo preço das commodities, juros altos das últimas safras e um desaparecimento das indenizações securitárias, juntamente com o ambiente político polarizado que o país hoje vive, criaram um cenário desgosto para o campo, a ponto de a Aprosoja Brasil recomendar cautela para os produtores antes de fecharem negócio nos próximos meses.

Quebra Recorde: Aprosoja Brasil recomenda cautela e prudência aos produtores.

A questão vista é que muitos produtores estão colhendo (ou a ponto de colher) e já podem observar que não vão conseguir obter rendimento suficiente para honrar seus compromissos, que vencem daqui algumas semanas.

É providencial que o produtor rural organize os seguintes documentos:

1.Laudo de perdas AGORA: contrate um agrônomo para fazer um laudo de perdas completo de sua safra. Tire fotos com geolocalização das lavouras, acrescente imagens de satélite, faça relatórios em campo, junte laudos da assistência técnica e da seguradora, enfim, produza prova das perdas de sua lavoura.

2.Um documento feito à campo com dados da safra possui um forte valor jurídico e pode ajudar muito em uma ação judicial.

3.Notifique o credor sobre a situação ANTES do vencimento: Essa é uma dica jurídica preciosa que pode resguardar o direito de muitos produtores. Consulte seu advogado e se prepare para notificar o credor por escrito e ANTES DO VENCIMENTO sobre a perda de safra e a dificuldade de obtenção de receita.

Tenha calma: Um produtor deprimido entrega fácil todo seu patrimônio construído ao longo de muitos anos. Quem manteve a calma, contratou uma boa assessoria jurídica e continuou trabalhando e está até hoje na produção agrícola.

Porque o campo é um meio diferente, encantador, apaixonante e, principalmente, vital para toda a sociedade! Nesse ínterim, na nossa essência está valorizar, simplificar e compartilhar conhecimento com o intuito de proporcionar noites tranquilas de sono para aqueles que acordam na madrugada, faça chuva ou sol, para colocar comida na mesa de cada um.

Nayara Mattozo Ranzi – advogada (OAB/MS 21083) na Mattozo Ranzi Advocacia Contato / 67 98138-7216 (WhatsApp) – nayararanzi@hotmail.com

Nayara Mattozo Ranzi, advogada especialista em agronegócio.

• Sócia- fundadora do escritórioMattozo & Ranzi com sede em Dourados-MS.

•Membro Academia Brasileira de Direito do Agronegócio

•Pós Graduanda em Direito do Agronegócio ABRADA/ Focus.

•Presidente da Comissão de Assuntos Agrários e Agronegócio da 11º Subseção de Jardim-MS.


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Baixe nosso APP no Play Store, obrigado!

Top 5

top1
1. DIVULGUE AQUI

CLIENTE

top2
2. DIVULGUE AQUI

DEMO_JINGLE

top3
3. DIVULGUE AQUI

DEMO_JINGLE

top4
4. DIVULGUE AQUI

DEMO_JINGLE

top5
5. DIVULGUE AQUI

DEMO_JINGLE

Anunciantes